Cuiabá, Quarta-Feira, dia 13 de Dezembro de 2017
 
Eventos, Cursos, Concursos...
27/05 Carreiras - TV Justiça - Procurador do Estado - Thiago Luís Sombra - Bloco I
31/05 Eventos Educacionais - Programação
CF-1988 - Atualizada

SF
Jornal do Senado - Notícias em formato PDF

AS
Filhos do Sol Contos e Crônicas

Benedito Rufino da Silva
Ensaio sobre as Imunidades Parlamentares

Dr. Abel Balbino
Eleições no Direito Brasileiro: Atualizado com a Lei Nº 12.034/09

Alberto Rollo
Gestão Familiar & Delinquência Juvenil

Edilene Dias Virmieiro Balbino
O Servidor Público e a Reforma Administrativa

Francisco de Salles Almeida Mafra Filho
A Nova Era das Marcas Jurídicas

Rodrigo Bertozzi
A Dignidade da Pessoa Idosa

Dr. Abel Balbino Guimarães
Direito Constitucional Esquematizado

Pedro Lenza
Tudo o que você precisa ouvir passar em concursos - Audiolivro

Edilson Mougenot Bonfim
Direito do Trabalho - V.10

Sergio Pinto Martins
Direito Constitucional

Alexandre de Moraes
Historia de Mato Grosso - Vestibular e Concursos

Pedro Felix e Giseli Felix
Marketing Jurídico - Os Neurojurídicos, as Novas Idéias e Ferramentas Estratégicas

Rodrigo Bertozzi
Vade Mecum Acadêmico de Direito 2009

Anne JoyceAngher
Receba nossas newsletters
E-mail:

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Novidades
Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
ENEM - Processo seletivo unificado deve começar em outubro
15/04/09
Por: Maria Clara Machado
Fonte: MEC

 
As provas do Enem ocorrerão em Outubro de 2009

Quinta-feira, 09 de abril de 2009 - 14:58 -  A proposta do Ministério da Educação para unificação do processo seletivo das instituições de ensino superior, em substituição ao atuais vestibulares, prevê a aplicação do novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em outubro. A proposta foi encaminhada na noite desta quarta-feira, 8, aos reitores das universidades federais.

Pelo texto, a instituições de ensino superior públicas e privadas poderão usar o novo Enem como parte de seu processo seletivo ou aderir ao Sistema de Seleção Unificada, em que o exame seria utilizado como fase única. A intenção é oferecer um sistema de avaliação que privilegie a capacidade crítica e analítica dos estudantes em detrimento dos atuais modelos de vestibulares que valorizam sobremaneira a memorização de conteúdos do ensino médio.

“O novo Enem combinará a forma de abordagem do atual Enem com a abrangência dos conteúdos cobrados pelo vestibular”, explicou Haddad. Para o ministro, a seleção pelo novo Enem permitirá reformular os conteúdos ensinados no ensino médio, que hoje estão pautados pelas provas dos vestibulares.

O novo Enem será composto de quatro grupos de testes de múltipla escolha realizados em dois dias. As provas ficariam distribuídas de acordo com as seguintes áreas: linguagens, códigos e suas tecnologias (incluindo redação); ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias.

De acordo com a proposta, as instituições que aderirem ao sistema unificado poderão atribuir pesos diferentes às provas, a serem ponderadas de acordo com cada curso ofertado. As vagas para políticas afirmativas também serão consideradas pelo sistema que segmentará a inscrição do candidato, se for necessário, de acordo com sua opção de concorrência (se por políticas afirmativas ou ampla concorrência).

“O processo seletivo que propomos é dinâmico”, enfatiza o ministro. Haddad explica que o candidato poderá escolher entre cinco opções de cursos e instituições e poderá, de acordo com sua nota no novo Enem, simular sua posição no curso pretendido, em comparação às notas dos demais concorrentes. “Se durante as inscrições o aluno perceber que sua nota não é mais suficiente para entrar no curso escolhido, ele pode migrar para outro”, disse.

As instituições que optarem por aplicar mais de uma fase em seus processos seletivos não ofertarão suas vagas no sistema unificado, mas poderão usar as notas do Enem reformulado como parte de sua seleção com base em edital próprio.

De acordo com o ministro, uma reunião com os reitores das universidades para dirimir eventuais dúvidas relativas ao novo modelo de seleção deve ocorrer no início da próxima semana. A proposta prevê a aplicação do novo Enem nos dias 3 e 4 outubro e a divulgação das quatro provas de múltipla escolha em 4 de dezembro. A divulgação do resultado final, com a correção das redações, foi proposta para 8 de janeiro de 2010.

Maria Clara Machado

Nome:
E-mail:
Título:
Comentário:
Comentários Envie o seu
Não foi feito nenhum comentário para esta matéria até o presente momento
Outras Novidades
14/05/15
Governo regulamenta Canal da Educação com acesso gratuito a conteúdos educativos
11/05/15
Atuação do Gabinete de Transparência gera redução de R$ 7 milhões
11/08/14
Câmara regulamenta profissão de paralegal para bacharéis em Direito
22/10/13
Portal disponibiliza filmes e documentários educativos para auxiliar no ENEM; Confira lista
21/10/13 - Palestras: 1º Ciclo Enem Médici - 16 a 18 de Outubro
05/05/13 - Mercosul completa 20 anos de história
09/08/10 - CORRUPÇÃO: Vereadores viajam com o dinheiro de contribuintes
02/08/09 - Iluminismo - Aula Ensino Médio em Power Point - Alunos dos 3 Anos
Mercosul completa 20 anos de história
CORRUPÇÃO: Vereadores viajam com o dinheiro de contribuintes
MT em Ação - Escola Plena
MT em Ação Transpantaneira
TV Câmara TV AL-MT
TV Senado TV TCE
TV Justiça  
© 2004 -  O conteúdo desse site pertence ao EJURNEWS e AMEJUR - Todos os direitos reservados. A reprodução parcial ou total dos artigos é permitida, desde que citada a fonte.
Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, o posicionamento deste site de mídia informativa.