Cuiabá, Terça-Feira, dia 16 de Outubro de 2018
Busca: 
Notícias Orkut
Educação Vídeos
Direito Projetos
Educacionais
Aulas  
Redes
sociais:
TV Câmara TV AL-MT
TV Senado TV TCE
TV Justiça  
Notícias
Artigos
Vídeos
Parlamento
Espaço Acadêmico
Leitura
Blog
Anuncie
Eventos, Cursos, Concursos...
CF-1988 - Atualizada

SF
Jornal do Senado - Notícias em formato PDF

AS
Filhos do Sol Contos e Crônicas

Benedito Rufino da Silva
Receba nossas newsletters
E-mail:

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias
Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
ELEIÇÕES 2018: Candidatos ao Governo já gastaram mais de R$ 8,5 milhões em campanha; veja dados
02/10/18
Por: OLHARDIRETO
Fonte: OLHARDIRETO

 
ELEIÇÕES 2018: Candidatos ao Governo já gastaram mais de R$ 8,5 milhões em campanha; veja dados

Os cinco candidatos que disputam por uma cadeira no Palácio Paiaguás na primavera deste ano já gastaram, juntos, mais de R $ 8,5 milhões na campanha. Os dados estão disponíveis na primeira vez por conta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Quem mais 'mexeu no bolso' foi senador Wellington Fagundes (PR), com despesas que ultrapassaram os R $ 4 milhões. Moisés Franz (PSOL).
O candidato Arthur Nogueira (Rede) arrecadou até o momento R $ 14.972,00 para sua campanha. No total, foram R $ 13.319,16 em gastos, sendo que todo o lucro já foi pago pelo candidato da Rede. As doações feitas, R $ 14,3 mil são feitas pelo próprio bolso do ex-superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Já o candidato Mauro Mendes (DEM) conseguiu arrecadar até agora R $ 2.687.121,06. Ao todo, já foram contratados serviços no valor de R $ 2.580.091,69. Deste total, R $ 2.223.070,69 foram pagos pelo ex-prefeito de Cuiabá. O diretório nacional de democratas foi o responsável pelo pagamento de R $ 1,8 milhão ao ano, enquanto que seu vice, Otaviano Pivetta (PDT), deu R $ 300 mil.

Moisés Franz (PSOL) é o candidato que mais aparece em todos os quesitos. O candidato socialista cadastrado no momento R $ 6.378,25 do diretório estadual da sua sigla. Até o momento, nenhum site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), não tendo sido excluído por contratada por ele.

O atual governador e candidato a reeleição, Pedro Taques (PSDB), até o momento R $ 1.815.700,00 para financiar sua campanha. Deste total, R $ 1,2 milhão foi cedido pelo diretório nacional do seu partido e R $ 200 mil foram doados pelo empresário Orlando Polato. Ao todo, o tucano já tem R $ 1.870.634,37 em despesas, sendo que R $ 1.493.075,68 deste total já foram pagos.

Por fim, Wellington Fagundes (PR). O senador conseguiu até o momento R $ 2.512.335,60 para sua campanha. Deste total, de R $ 1,6 milhão a moeda nacional e R $ 912,335,60 do próprio bolso. O republicano já contratou R $ 4.124.444,97 em serviços e pagou R $ 2.304.037,43 deste total.

O limite individual de pagamento ao Governo de Mato Grosso é de R $ 5.600.000,00. As políticas eleitorais estão sendo financiadas, em sua maioria esmagadora, por meios de subsídios públicos do Fundo Eleitoral ou do Fundo Partidário. Nesta semana o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que os 22 partidos já receberam os recursos do Fundo Especial de Financiamento da Campanha, conhecido popularmente como Fundo Eleitoral.

Como consultas foram feitas no final da manhã desta terça-feira (02/10).

Fonte: OlharDireto 

Nome:
E-mail:
Título:
Comentário:
Comentários Envie o seu
Não foi feito nenhum comentário para esta matéria até o presente momento
Outras Notícias
02/10/18
IFMT abre inscrições para seletivo e oferta 1.299 vagas
02/10/18
Prefeitura abre processo seletivo com 210 vagas e salários que chegam a R$ 5 mil
02/10/18
Ranking coloca UFMT como melhor universidade de MT; veja colocações
17/07/18
Justiça Eleitoral abre habilitação para voto em trânsito
17/07/18 - Inscrições para residencial devem ser feitas on-line ou na Secretaria de Habitação
17/07/18 - Prefeitura de Cuiabá prorroga prazo de inscrição para processo seletivo
10/07/18 - Conheça a história de Mato Grosso desde o período colonial
19/06/18 - Secretaria de Educação divulga Edital do 2º Processo Seletivo Simplificado
© 2004 -  O conteúdo desse site pertence ao EJURNEWS e AMEJUR - Todos os direitos reservados. A reprodução parcial ou total dos artigos é permitida, desde que citada a fonte.
Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, o posicionamento deste site de mídia informativa.