Cuiabá, Domingo, dia 19 de Janeiro de 2020
Busca: 
Notícias Orkut
Educação Vídeos
Direito Projetos
Educacionais
Aulas  
Redes
sociais:
TV Câmara TV AL-MT
TV Senado TV TCE
TV Justiça  
Notícias
Artigos
Vídeos
Parlamento
Espaço Acadêmico
Leitura
Blog
Anuncie
Eventos, Cursos, Concursos...
CF-1988 - Atualizada

SF
Jornal do Senado - Notícias em formato PDF

AS
Filhos do Sol Contos e Crônicas

Benedito Rufino da Silva
Receba nossas newsletters
E-mail:

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias
Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Ranking coloca UFMT como melhor universidade de MT; veja colocações
02/10/18
Por: OLHARDIRETO
Fonte: OLHARDIRETO

 
Ranking coloca UFMT como melhor universidade de MT; veja colocações

O ranking das Universidades, elaborado pela Folha de SP, foi criado na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), sem levantamento que foi divulgado na última segunda-feira (01). Apesar da boa colocação, uma unidade de ensino passou uma posição em relação ao ano passado.
Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) aparece na 34ª colocação, com 73,87 de nota. A unidade do ensino teve o melhor desempenho no mercado de trabalho (32ª posição) e o pior no item inovação (98º). O curso não teve uma colocação privilegiada no ranking de Agronomia.

Neste ano, a UFMT esqueceu uma posição, apesar de não ter passado. A Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP) foi quem tomou o lugar da mato-grossense.

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) aparece na 129ª colocação, com 37,68 de nota. A performance foi apenas um quesito não de inovação (88ª) e pior no item ensino (147ª). A instituição perdeu 14 posições de 2017 para 2018. O curso que teve um melhor posicionamento não foi o ranking de Agronomia.

A última de Mato Grosso que aparece no concurso é a Universidade de Cuiabá (Unic), que ocupa uma 147ª colocação, com 31,49 de nota. A performance to the performance in the market of the job (45ª) e o pior no item ensino (163ª). A instituição também sofreu queda de posição, já que em 2017 ocupou uma 141ª colocação. O curso não teve uma colocação privilegiada no ranking de Agronomia.

Segundo a Folha, os dados utilizados para a avaliação são elevados, como o Censo de Ensino Superior, Ministério de Educação, CNPq, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). ), Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) e outras fontes cinco.

O resultado é obtido da seguinte forma: 42% pelo número de pesquisas, 32% qualidade de ensino, 18% avaliação no mercado, 4% inovação e 4% internacionalização. As pesquisas têm os seguintes dados para uma avaliação. Ao todo, são avaliados os 40 maiores cursos de ensino superior.

O ranking completo pode ser conferido AQUI

Fonte: OlharDireto 

Nome:
E-mail:
Título:
Comentário:
Comentários Envie o seu
Não foi feito nenhum comentário para esta matéria até o presente momento
Outras Notícias
13/12/18
Seduc realiza posse dos assessores pedagógicos nesta quinta-feira
13/12/18
Professor da rede estadual é selecionado para curso de inglês nos EUA
13/12/18
Prefeitura realiza reunião de alinhamento para o Réveillon 2018
13/12/18
Prefeito e presidente Temer entregam o Hospital Municipal de Cuiabá - HMC - dia 28
13/12/18 - Edição de Natal da Nota Cuiabana entrega premiação no valor de 149 mil
10/07/18 - Conheça a história de Mato Grosso desde o período colonial
12/06/17 - Caravana em Alta Floresta já atendeu mais de 4 mil pessoas em oftalmologia
12/06/17 - Governo entrega cartão Pró-família e paga cofinanciamento social em Alta Floresta
© 2004 -  O conteúdo desse site pertence ao EJURNEWS e AMEJUR - Todos os direitos reservados. A reprodução parcial ou total dos artigos é permitida, desde que citada a fonte.
Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, o posicionamento deste site de mídia informativa.